3.1 C
Munique

10792 Indaiatuba Recebe Capacitacao Da Liga Americana Major League Baseball

Leitura obrigatória



Home › Notícias › Esportes › Indaiatuba recebe capacitação da liga americana Major League Baseball  
Indaiatuba recebe capacitação da liga americana Major League Baseball



Compartilhe:
Tamanho do texto: AAAAAA
Publicado em 16/02/2015 às 09h54Anieli Barboni – [email protected]
Eduardo Turati

*

Anieli Barboni

[email protected]



Começou na sexta-feira, dia 13, a 11ª edição da Clínica Internacional de Beisebol, ministrada por renomadas estrelas da Major League Baseball (MLB) – principal liga dos Estados Unidos. O evento trata-se de uma capacitação da modalidade esportiva dirigida a técnicos, atletas e professores até o dia 22 de fevereiro.



A Clínica é promovida pela Associação Cultural, Esportiva Nipo-Brasileira de Indaiatuba (Acenbi) em parceria com à prefeitura de Indaiatuba e com o apoio da CBBS e do consulado americano de São Paulo. A Clínica também faz parte do Seminário de Instrutores de Beisebol que a MLB vem promovendo em diversos países nos últimos anos. Está será a 11ª edição, porém, é a primeira vez que será realizada no Brasil.



De acordo com Danna Van Brandt, do consulado americano, o objetivo desta parceria é promover os esportes americanos e os seus valores. “Estamos muito empolgados em poder apoiar essa iniciativa em Indaiatuba porque o beisebol é um esporte que teve início nos Estados Unidos e promove a disciplina e trabalho em equipe”, comenta. “O objetivo é que as crianças aprendam o beisebol e os valores que o esporte tem”, reforça Danna.



“A nossa política é interiorizar o beisebol e massificar este esporte. O pontapé inicial é a capacitação dos professores da rede pública, para que eles passem a ser um agente propagador do beisebol”, acrescenta o presidente da CBBS, José Otsuka.



Segundo Humberto Panzetti, a Clínica é uma possibilidade de aproximar as crianças do beisebol e trazer a modalidade para o Esporte Cidadão. “Tivemos uma conversa recente com a Toyota e a empresa tem dentro da cultura japonesa o beisebol, o nosso objetivo é também desenvolver essa modalidade no Esporte Cidadão”, diz. “Com essa capacitação pretendemos detectar os professores quem tem potencial para trabalhar o beisebol na base. Lógico que não vamos ter a pretensão de criar uma equipe de beisebol, porque isto a Acenbi já faz muito bem. Mas, podemos detectar talentos e assim transferir para a associação”, aponta o secretário de Esportes.



De acordo com Massao Kanesaki, uns dos organizadores do evento, cerca de 300 pessoas deverão participar do treinamento. “A nossa expectativa é que nesses dez dias Indaiatuba seja a capital do beisebol no Brasil. Vamos capacitar nossos atletas, técnicos e 140 professores da rede pública”, fala. “Queremos dar continuidade do beisebol no Esporte Cidadão e nas escolas. Esse projeto é o pontapé inicial para dar acesso a todas as crianças e estaremos de portas abertas para receber os alunos que queiram dar sequência ao beisebol. O pontapé seguinte seria a Major League abraçar as crianças com potencial e levar para fora, e quem sabe ser um profissional do beisebol” finaliza Massao.

Compartilhe:
Tamanho do texto: AAAAAA




Comentários (0)

- Advertisement -spot_img

Mais artigos

- Advertisement -spot_img

Último artigo