17.1 C
Munique

10843 Moradores Jogam Entulhos Em Calcadas Do Bairro Cidade Nova

Leitura obrigatória



HomeNotícias › Cidade › Moradores jogam entulhos em calçadas do Bairro Cidade Nova  
Moradores jogam entulhos em calçadas do Bairro Cidade Nova



Compartilhe:
Tamanho do texto: AAAAAA
Publicado em 04/03/2015 às 10h07Adriana Brumer Lourencini – [email protected]
Eduardo Turati

*

Adriana Brumer Lourencini

[email protected]



O acúmulo de lixo e entulho vem preocupando os moradores das ruas Osvaldo Cruz e Almirante Barroso, no Bairro Cidade Nova. Há cerca de dois meses, segundo informações, todo tipo de detrito é deixado junto a uma árvore no local.



O empresário James França, que mora e trabalha no bairro, conta que o lixo só faz aumentar. “Todos os dias eu passo por ali, e sempre tem alguma coisa jogada”, diz. “A coisa piorou quando deixaram ali os restos de construção – que não são levados pelo cata-bagulho. Aliás, logo depois que o lixo é retirado, o povo deixa outros no lugar. Este trecho é como se fosse uma espécie de terra de ninguém”.



A calçada está praticamente tomada pelo lixo e por buracos, e os pedestres têm de desviar para não sofrerem quedas. “Certa vez uma senhora caiu aqui”, revela uma moradora. “Todos os dias passo por aqui com criança, e a situação está lamentável. À noite, nem se fala! Há ratos enormes na calçada – eles saem do terreno abandonado. Os garotos que saem da escola pulam o muro do terreno e, na semana passada, tentaram colocar fogo em uma caçamba; meu marido viu e conseguiu impedir”, ressalta a moradora. Ela acrescenta que já presenciou pessoas entrando na antiga empresa para dormir.



Para James, deve haver conscientização por parte da população, a fim de manter o mínimo de higiene no local em que vive. “O problema é que, nos locais onde o lixo está concentrado, não existem residências – são apenas muros – e isso facilita a ação daqueles que vêm jogar tranqueiras ali. Acho que poderíamos colocar uma placa na árvore, com os dizeres: ‘Eu não sou caçamba’. Nós sabemos que o cata-bagulho não recolhe restos de construção; eles passam todo mês, mas os entulhos e a sujeira sempre estão sobrando”, finaliza.



Em nota, a Secretaria de Urbanismo diz que a fiscalização é constante nos bairros, porém, dependem da colaboração da população para a manutenção de áreas públicas. Quanto às operações do cata-bagulho, são realizadas segundo cronograma de cada bairro. Entretanto, não é realizada a coleta de resíduos de construção, que são responsabilidade do proprietário do imóvel que está sendo construído ou reformado; o descarte deve ser feito em caçambas.

Compartilhe:
Tamanho do texto: AAAAAA




Comentários (0)

- Advertisement -spot_img

Mais artigos

- Advertisement -spot_img

Último artigo