17.7 C
Munique

10862 Comissao Dos Correios Tem Membros Definidos

Leitura obrigatória



Home › Notícias › Política › Comissão dos Correios tem membros definidos  
Comissão dos Correios tem membros definidos



Compartilhe:
Tamanho do texto: AAAAAA
Publicado em 09/03/2015 às 11h14Mariana Corrér – [email protected]
Trabalhos começam amanhã, dia 10
Rose Parra/ACS-CMI

*

Mariana Corrér

[email protected]



Os vereadores confirmaram na noite de segunda-feira, dia 2, os membros da Comissão de Representação dos Correios, pedida por meio de um requerimento do presidente Luiz Alberto Pereira, o Cebolinha (PMDB). A abertura dos trabalhos aconteceu por unanimidade na Câmara Municipal, durante a 3ª sessão ordinária do ano.



A comissão inicia seus serviços amanhã, dia 10, e conta com quatro membros: Cebolinha será o presidente, acompanhado por Carlos Alberto Rezende Lopes, o Linho (PT); Maurício Baroni (PMDB); e Antônio Sposito Junior, o Toco da Croissant (PTB).



Os vereadores terão 30 dias para concluir o trabalho, que visa apurar possíveis irregularidades na Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (EBTC). As constantes reclamações da população motivaram a abertura dessa comissão, já que os atrasos nas entregas de correspondências viraram rotina em Indaiatuba.



As reuniões do grupo acontecerão todas as terças-feiras, às 13h30, na Sala de Reuniões da Casa. “Não é possível mais aceitar o que está ocorrendo; as correspondências não estão chegando nas residências de todos os bairros do município, incluindo correspondências importantes como o extravio de cartões bancários e de saúde, documentos confidenciais e outros”, justificou Cebolinha na sessão.



Pauta



Além da abertura da comissão, a sessão de segunda-feira teve 32 indicações, nove moções e cinco projetos na Ordem do Dia, quatro aprovados por unanimidade e um pedido de vista. O primeiro projeto, do vereador Helton Ribeiro, concede o Título Honorífico Cidadão Benemérito Dr. Caio da Costa Sampaio a Júlio César Joly.



Outro projeto aprovou remanejamento de verbas no valor de R$ 180 mil na Câmara. A terceira propositura autorizou a transposição orçamentária consignadas no orçamento vigente e foi aprovado por unanimidade. E outra liberou verba para o Serviço Autônomo de Água e Esgotos (Saae) com intuito de criar o Museu da Água.



Por fim, um projeto que altera leis municipais que dispõem sobre o Plano Plurianual de Investimento, no que diz respeito à Secretaria da Família e Bem-Estar Social (Semfabes), recebeu pedido de vista do vereador Maurício Baroni (PMDB).

Compartilhe:
Tamanho do texto: AAAAAA




Comentários (0)

- Advertisement -spot_img

Mais artigos

- Advertisement -spot_img

Último artigo