2.6 C
Munique

10255 Dropes 30 De Setembro De 2014

Leitura obrigatória



Home › Notícias › Dropes › Dropes – 30 de setembro de 2014  
Dropes – 30 de setembro de 2014



Compartilhe:
Tamanho do texto: AAAAAA
Publicado em 01/10/2014 às 17h17Adriana Brumer Lourencini – [email protected]
Por Adriana Brumer Lourencini

[email protected]





Identidade



No mundo virtual, o roubo e utilização de CPFs alheios são mais comuns do que se pode imaginar, e fornecer o CPF na internet pode ser um risco. Assim, podemos tomar algumas medidas simples que podem proteger nossa identidade e evitar golpes. Muitos não sabem, mas, podem (e devem) questionar o solicitante sobre a necessidade desta informação; caso a resposta seja negada, fique alerta. Em lugar do CPF, pergunte se há possibilidade de alternativa de identificação, como número da carteira de habilitação, passaporte ou o endereço. E, atenção: jamais forneça via e-mail o seu CPF, dados bancários ou qualquer informação importante – ao receber solicitações deste tipo, ignore e denuncie a mensagem como spam ao serviço de e-mail.





Intenções de voto



No Brasil, as pesquisas de intenção de voto são feitas por institutos como Ibope, Datafolha e Vox Populi, solicitadas por veículos de comunicação ou entidades representativas. Apesar de parecerem pequenos diante do universo eleitoral de quase 143 milhões de pessoas, os números são suficientes para representar os eleitores, mesmo com as margens de erro. De acordo com os institutos, o segredo está na escolha das amostras, que nada têm de aleatórias – trata-se de um trabalho estatístico que divide o eleitorado com base em critérios como gênero, idade, escolaridade, ocupação e espaço geográfico. Assim, se a amostra for bem calculada, e os indivíduos se constituírem uma miniatura do conjunto da sociedade, a tendência é que o comportamento desses indivíduos se reproduza para o todo.



Bicho Homem



No domingo (28), o Parque Zoológico Municipal Quinzinho de Barros, em Sorocaba, fechou as portas duas horas mais cedo, fato inédito em sua história. A estratégia foi utilizada para evitar possíveis ‘estragos’, já que um rolezinho foi marcado no zoo por cerca de 300 jovens, há dez dias, através das redes sociais. No momento em que o diretor Rodrigo Teixeira resolveu fechar os portões, já havia quase 200 pessoas em frente ao parque. Quem estava dentro teve de sair, e ninguém mais pode entrar. Os animais, por sua vez, foram levados a um recinto fora do acesso do público. A Polícia Militar e a Guarda Municipal fizeram plantão no local para coibir invasão. O zoo só volta a funcionar hoje, pois fica fechado às segundas. Era o que faltava… Há tempos os bichos já perderam o direito à liberdade de viver na Natureza, e agora, nem atrás das grades têm sossego!… (fonte: Agência Estado)


Memórias



O Orkut, antiga rede social do Google, encerra hoje seu ciclo de vida e vira museu na web. Após dez anos de recadinhos e discussões em comunidades, a primeira rede social dos brasileiros fecha as portas e cria um acervo onde serão mantidos posts e comentários importantes para a história da internet no País. Ao todo, serão mais de 51 milhões de comunidades, 120 milhões de tópicos e mais de 1 bilhão de interações armazenadas. Como em um museu, será possível apenas apreciar o conteúdo, e os donos das postagens serão identificados apenas por seus nomes, sem fotos ou links. A maior comunidade do Orkut, ‘Eu odeio acordar cedo’ (com 6 milhões de membros), é a única que não estará disponível, pois se tornou privada. Além do acervo, a empresa criou uma ferramenta para que os usuários guardem seus perfis, com fotos, recados e descrição. O backup pode ser feito até setembro de 2016. (fonte: Agência Estado)

Compartilhe:
Tamanho do texto: AAAAAA




Comentários (0)

- Advertisement -spot_img

Mais artigos

- Advertisement -spot_img

Último artigo