12.9 C
Munique

10569 Casamentos Ao Ar Livre Sao Opcao Para Verao

Leitura obrigatória



Home › Notícias › Mulher › Casamentos ao ar livre são opção para verão  
Casamentos ao ar livre são opção para verão



Compartilhe:
Tamanho do texto: AAAAAA
Publicado em 08/12/2014 às 16h43Fábio Alexandre – [email protected]
Noivas apostam na tese do “mais simples é mais bonito”

*

Jéssica Santana

[email protected]



Com a chegada da época mais quente do ano, os grandes eventos também pedem uma adaptação no figurino e principalmente nos locais de sua realização. Os casamentos seguem as tendências. Os meses de outubro, novembro, dezembro e janeiro são os mais disputados pelos casais que querem realizar o matrimônio.



Segundo a cerimonialista Ivanilde Reis, a ideia do casamento no campo, chácara ou locação ao ar livre é a do “menos é mais”. “O evento em espaço aberto é sempre mais informal do que em uma catedral, salão ou capela. A regra básica é não cometer exageros e isso vale desde a noiva até convidados e decoração”, comenta.



Ivanilde ainda reforça que em 2014 a maioria dos casamentos que organizou foi no começo do ano e agora nos meses finais, reforçando a ideia de que os casais preferem casar no período de maior calor justamente pela opção da cerimônia ao ar livre. “O estilo rústico mesclado com o chique está em alta”, completa.



Sobre a duração da cerimônia, indica-se no máximo 40 minutos, até mesmo pelo calor excessivo. Outra dica é apostar na decoração colorida e natural. “Samambaias e flores do campo são uma tendência forte para esta época”, reforça Ivanilde.





Trajes



Outra preocupação na cerimônia ao ar livre é o traje da noiva, seguido das madrinhas, noivo e até mesmo convidados. Para a proprietária de loja de locação de trajes Karina Albertini, não exagerar e apostar nos tecidos leves é a regra básica para estar bonita no dia em que a noiva usa a roupa mais importante de sua vida. “Vestidos sem brilho, com tecidos leves conhecidos como “voal”, são boas opções. A noiva precisa estar de acordo com o local que pede essa leveza na escolha do traje”, comenta.



Ainda sobre o vestido de noiva, o branco continua prevalecendo, porém, nos modelos semi-sereia, cauda curta ou removível e de fácil movimentação. “A preferência nacional para casar é o branco, pela tradição da cor. O que se vê de mudança hoje são as aplicações em tule e renda que deixam, mesmo os vestidos mais simples, muito elegantes”, conta Karina que ainda brinca “As brasileiras são beneficiadas pelo clima tropical e ao mesmo tempo são bem peruas! Sempre vão encontrar um jeitinho de estar única no grande dia”.


Outra dica relevante é misturar flores para compor o look. Acessórios de cabelo combinados com um penteado mais natural, também são os mais indicados para os casamentos em espaço aberto. Na festa, optar por um modelo curto para aproveitar melhor também é uma opção.



Para o noivo, o meio fraque é a dica da vez, porém, o suspensório também tem seu charme. “Os homens tem um pouco de preconceito, mas, nos casamentos abertos a tendência é investir no colete, para ficar mais à vontade durante a festa. Microfibra também é indicada para os que usam o blazer”, reforça Karina.



Já para madrinhas e damas de honra, estampas são bem aceitas neste tipo de celebração. Peças com detalhes florais, pedras foscas e principalmente cores suaves em tecidos mais leves, combinam com a elegância e simplicidade do momento. Segundo Karina, as cores mais escolhidas são as variações entre verde e azul conhecido como Tiffany e o coral. “Evitar tons muito claros também é de bom tom, afinal, nenhuma noiva gosta de uma madrinha competindo com o vestido”, comenta.



“A maior dica é estar à vontade e combinando com o modelo de cerimônia escolhida. É importante alinhar o sonho da noiva com o tipo do local e festa”, finaliza.


Cerimônias de filme inspiram noiva
LUCIANO SILVEIRA

*

Acostumada a ver filmes de Hollywood, onde os casamentos ao ar livre são comuns, a analista contábil Carolina Duarte, de 27 anos, resolveu que seu casamento também seria fora do salão.

O noivo gostou da ideia e, com um ano de antecedência da data, começaram a planejar a festa.



Além da parte visual, outro ponto que os convenceu a escolher essa opção foi a cerimônia religiosa. “Na nossa religião, não há cerimônia para casamentos, então conversamos com uma pessoa do centro que topou nos dar a bênção e a fizemos no mesmo local da festa”, explica a noiva, que selou sua união no dia 4 de outubro.



Essa escolha, além de realizar o sonho da noiva, foi a opção mais barata que o casal encontrou. “Unimos o útil ao agradável”, resume Carolina.



O evento reuniu 150 pessoas e seguiu a linha romântica da noiva, com muitas flores e decoração delicada, que representou o estilo de casamentos de jardim com sofisticação na medida certa, inclusive em seu vestido, que fugiu do tradicional longo e chegou apenas às canelas de Carolina. O noivo também abriu mão do terno e investiu no colete.





Medo



Como qualquer evento a céu aberto, o maior empecilho é o clima. “Choveu durante a semana e decidimos que, se chovesse até a véspera, faríamos na parte coberta do local”, lembra.



A cerimonialista e toda equipe de decoração garantiram o ambiente para essa possibilidade, mantendo o mesmo estilo dentro e fora do espaço. “Por sorte, parou de chover e deu para fazer a cerimônia ao ar livre mesmo”, conta a noiva que conseguiu realizar o casamento dos seus sonhos.

Compartilhe:
Tamanho do texto: AAAAAA




Comentários (0)

- Advertisement -spot_img

Mais artigos

- Advertisement -spot_img

Último artigo