12.9 C
Munique

10785 Primavera Tem Segunda Derrota E Drey Cai

Leitura obrigatória



Home › Notícias › Esportes › Primavera tem segunda derrota e Drey cai  
Primavera tem segunda derrota e Drey cai



Compartilhe:
Tamanho do texto: AAAAAA
Publicado em 11/02/2015 às 09h40Anieli Barboni – [email protected]
Edmilson de Jesus é o novo técnico do Fantasma
Alê ViannaNo jogo, o Juventus estreiou o atacante Gil, que já teve passagem pelo Corinthians; o gol do Tricolor foi marcado por Cris, na cobrança de pênalti

*

Anieli Barboni

[email protected]



Após o segundo resultado negativo na Série A3, o técnico José Luiz Drey foi dispensado do Primavera, e o time já tem um novo comandante. De acordo com o diretor de futebol do clube, Wagner Ventaroli, Edmilson de Jesus é o atual treinador do Tricolor de Indaiatuba e Eduardo Ortiz o preparador físico.



Segundo o Ventaroli, o treinador foi liberado na manhã de segunda, dia 9. Também foi dispensado o preparador físico, Rildo Dionizio. “O Drey foi liberado unicamente por causa do resultado negativo. Não foi uma decisão precoce. Após o jogo contra o Taubaté conversamos com ele (Drey), e como o resultado não veio, o presidente Nenê Brito entrou e a diretoria do clube optou por desliga-lo do clube”, afirma Ventaroli. “Também liberamos o Rildo porque o novo treinador irá trazer um preparador físico”, acrescenta o diretor.



De acordo com o técnico Drey, seu desligamento do clube foi inesperado e precoce. “Até eu fui pego de surpresa! No primeiro jogo fizemos uma boa partida. Depois, contra o Rio Preto jogamos muito bem e nos recuperamos. Já contra o Juventus sabíamos que jogar lá seria difícil. O jogo foi decidido nos detalhes”, aponta Drey. “Eu tenho um carinho muito grande pelo Primavera e por Indaiatuba, fiz bons amigos e pode ter certeza que o Primavera está no meu coração. Apenas lamento ter saído precocemente”, diz o treinador.



Drey já passou pelo clube em 2012, 2013 e 2014, quando saiu em junho para ser o treinador do Atlético Sorocaba, e retornou para a Série A3 de 2015. Sob o seu comando na primeira fase da Segunda Divisão, em 2014, o time teve seis vitórias, um empate e uma derrota, e se classificou como líder do Grupo 4, com oito pontos.



O novo técnico do time primaverino se apresentou na tarde desta segunda-feira. Como treinador, Edmilson de Jesus já comandou as equipes do São Carlos, União Mogi, Bragantino e São José. Seu último clube foi o Taubaté, em 2014 na Copa Paulista, mas não conseguiu se classificar com o time para a segunda fase da competição. O técnico também já atuou como jogador no Santos, Leixões de Portugal, Inter de Limeira, Atlético Goianiense, Lemense, São José e Taubaté.



Derrota



O time perdeu de 2 a 1 para o Juventus, na casa do adversário, na manhã do domingo. Com a derrota, o Primavera caiu para a 13ª colocação do campeonato, com apenas três pontos. Ainda faltam 16 jogos para encerrar a primeira fase. Se classificam para a segunda fase apenas os oito primeiros colocados. Ao todo são 20 times. Por enquanto, estão no G8 (Grupo dos oito) o Juventus em 1º lugar com nove pontos, na sequência vem o Taubaté, Barretos e Inter, com sete pontos; Atibaia e Itapirense com seis pontos; São José e Flamengo com cinco pontos.



O jogo começou com a zaga primaverina dando trabalho ao Juventus, que impôs forte pressão ao Tricolor. Com 20 minutos, o adversário, cobrou uma falta de escanteio dentro da área e o camisa 4, Leo, cabeceou a bola para dentro do gol. 1 a 0 para o Juventus.



Nove minutos depois, o atacante primaverino Leo Souza levou uma rasteira dentro da área e ficou no chão. Sob vaias e xingos da torcida, que alegava não existir falta, o arbitro marcou pênalti. O meia Cris cobrou com um chute no canto esquerdo da rede e empatou o placar.



Depois, em um escanteio para o Juventus, o adversário assustou o Tricolor, mas a bola foi desviada pela zaga do técnico Drey. No contra-ataque, a bola sobrou para o lateral-esquerdo Cortez, que cruzou sem sucesso. Primeiro tempo 1 a 1.



De volta em campo, o Juventus continuou pressionando e buscando o ataque, enquanto o Primavera respondia no contra-ataque. O adversário apostou na entrada do atacante Gil, ex-Corinthians, mas o jogo seguiu empatado até os minutos finais do segundo tempo.



Com 40 minutos, o Tricolor quase virou a partida. Após cobrança de escanteio o zagueiro Willian subiu livre e cabeceou a bola, que acertou a trave. O desempate veio aos 44 minutos. O jogador Nathan do Juventus cruzou para Rafael Branco, que chutou para o gol. O arqueiro primaverino tentou buscar a bola antes de acertar a rede, mas não teve jeito. Dois minutos depois, o árbitro apitou o final do jogo. 2 a 1 para o Juventus.



Recuperação



O Primavera volta em campo hoje, dia 11, às 16h, contra o Itapirense, que é comandado pelo técnico Euzébio Gonçalves, o Lelo. O jogo será no Gigante da Vila. O valor da entrada é R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia).



O time está em 6º lugar com seis pontos, duas vitórias e uma derrota. No último jogo, o Itapirense ganhou de 3 a 1 do Grêmio Osasco. Os gols foram marcados duas vezes pelo Edson Sena e o terceiro por João Paulo.



Com o Primavera, Lelo subiu para a Série A3. O treinador chegou ao time no dia 27 de agosto, para substituir o treinador Jenildo Cavalcante, e ficou no clube primaverino por três meses. Junto com Lelo, estão o preparador físico Maurino Boto, que também estiveram no Fantasma em 2014.

Compartilhe:
Tamanho do texto: AAAAAA




Comentários (0)

- Advertisement -spot_img

Mais artigos

- Advertisement -spot_img

Último artigo