2 C
Munique

10812 Correios Continuam Atrasando As Entregas

Leitura obrigatória



HomeNotícias › Cidade › Correios continuam atrasando as entregas  
Correios continuam atrasando as entregas



Compartilhe:
Tamanho do texto: AAAAAA
Publicado em 23/02/2015 às 09h37Adriana Brumer Lourencini – [email protected]
Várias pessoas reclamam por pagar juros de contas que chegam depois do vencimento
Divulgação

*

Adriana Brumer Lourecini

[email protected]



A população de Indaiatuba continua sofrendo com o serviço de entrega de correspondências dos Correios. Muitos ainda não receberam os boletos para pagamentos de contas, como Ipva e telefone, por exemplo. O consumidor é obrigado a recorrer à internet para a emissão da segunda via; entretanto, nem todos possuem familiaridade ou acesso ao ambiente online, e têm de arcar com o prejuízo dos juros.



É o caso do comerciante Carlos Alberto de Souza, que recebeu oito boletos com atraso e valores bem acima do planejado. “O carteiro passou aqui no dia 5 de fevereiro e deixou várias contas vencidas, que somam mais de R$ 1.800; e acredite: ele não voltou mais, e já estamos no dia 20!”, ressalta. “O valor é nominal, e não conta multas e juros. Além disso, tive corte do serviço de internet por dois dias, o que prejudicou meu comércio, já que o site e o e-mail da loja ficaram fora do ar”, conta Carlos.



Atualmente, a maior parte dos boletos oferece a opção de baixar a segunda via pela internet, porém, torna-se um trabalho e uma preocupação a mais para o consumidor. “A gente acaba se acostumando a receber pelo correio; como o boleto não chega, nem se lembra de acessar online para baixar a conta, e aí já é tarde”, lamenta Carlos. “Depois do que aconteceu, fiz um levantamento de tudo o que tenho a vencer no mês, entrei no site de cada credor e já baixei os boletos. Quanto aos serviços de telefonia, internet e provedor, deixei tudo em débito automático, o que não dá para fazer com os boletos de fornecedores – tenho de entrar nos sites de um por um. O problema é aquele fornecedor que só libera a segunda via após o vencimento. É difícil aceitar pagar multa e juros, sendo que a falha não foi minha”, desabafa. Na contramão das facilidades tecnológicas, estão aqueles que não têm acesso, ou não se familiarizam com o universo online, que também são obrigados a pagar contas com juros.



Carlos afirma também ser impossível reclamar no telefone 0800 ou no site dos Correios. “A única resposta que obtive é a de que devo me dirigir à agência aqui em Indaiatuba. Acredito que a questão vem de cima, da administração. É uma pena ver uma instituição que já foi confiável no País estar nesta situação”, finaliza.



Em nota, por meio da Assessoria, os Correios informaram que os atrasos em determinados locais de Indaiatuba são pontuais e devem-se ao encerramento do contrato de mão de obra temporária, somado ao aumento da carga postal nessa época do ano. Embora com atrasos, as entregas estão sendo realizadas regularmente; independentemente do segmento dos objetos postais, os Correios não deixam de entregá-los.



Sobre a contratação de novos carteiros, a empresa destaca que a realização de um novo concurso está em análise, e em momento oportuno serão divulgadas informações sobre o assunto. Além disso, há um novo processo de licitação em andamento para escolha de novo fornecedor de mão de obra temporária, a fim de atender à demanda das áreas mais atingidas. Para garantir o serviço, a empresa diz que adotou ações como a redistribuição de carga, a realocação de funcionários entre cidades e unidades, serviços extraordinários e mutirões em finais de semana. No caso de atrasos na entrega, o consumidor deve entrar em contato pelo 0800 725 0100, de segunda à sexta, das 8h às 20h, e aos sábados, das 8 às 18h; ou através do campo Fale com os Correios, no site www.correios.com.br.

Compartilhe:
Tamanho do texto: AAAAAA




Comentários (0)

- Advertisement -spot_img

Mais artigos

- Advertisement -spot_img

Último artigo