17.1 C
Munique

10859 Cpfl Inaugura Terceira Subestacao Na Cidade

Leitura obrigatória



HomeNotícias › Cidade › CPFL inaugura terceira subestação na cidade  
CPFL inaugura terceira subestação na cidade



Compartilhe:
Tamanho do texto: AAAAAA
Publicado em 09/03/2015 às 10h48Adriana Brumer Lourencini – [email protected]
Localizada no Distrito Industrial Nova Era, a unidade vai aumentar o fornecimento em 40%
Eduardo TuratiPresidente da CPFL e o vice-prefeito municipal fazem o acionamento da energia elétrica

*

Adriana Brumer Lourencini

[email protected]



Na manhã de quarta-feira, dia 4, a CPFL Piratininga inaugurou sua terceira subestação no município, em cerimônia onde estiveram presentes autoridades e imprensa. A nova unidade irá aumentar em 40% a capacidade de fornecimento de energia, melhorando a distribuição, pois irá captar grandes cargas, aliviando as duas subestações existentes.



O evento contou com as presenças do vice-prefeito de Indaiatuba, Antônio Carlos Pinheiro; do presidente da Câmara, Luiz Alberto Pereira (o Cebolinha); do vereador Massao Kanesaki; além dos secretários de Obras e de Desenvolvimento, Leandro Dias e Renato Stochi. Em seu discurso, Pinheiro lembrou que “a História é feita pelos que estão presentes”. O vice-prefeito falou ainda que a cidade tem decolado alto, e que para que o progresso aconteça são necessárias condições objetivas, como o fornecimento de água e energia elétrica, por exemplo. Cebolinha, por sua vez, citou a importância deste tipo de investimento, enfatizando que “não desejamos apenas crescer, mas sim, nos desenvolvermos”.



Ao final da cerimônia, foi realizado o acionamento da energia da subestação. O presidente da CPFL Piratininga, Luís Henrique Ferreira Pinto, apontou as vantagens de uma terceira subestação. “Agora, poderemos atender melhor a população, pois, a obra irá criar infraestrutura para o crescimento, antecipando o progresso de Indaiatuba. Além disso, a rede estará mais robusta, ficando menos sujeita a sofrer danos”.



Infraestrutura



A CPFL investiu cerca de R$ 14 milhões na obra, que levou dois anos para ser finalizada. “A subestação tem capacidade instalada de 66,6 MVA, o suficiente para atender à demanda atual de Indaiatuba. As linhas de distribuição contam com novos padrões de rede elétrica e equipamentos menos suscetíveis às interferências climáticas, além de soluções de monitoramento, tecnologia e gestão. Uma das novidades é o spacer cabe, uma rede compacta, mais resistentes aos fatores externos e de melhor convívio com a arborização urbana”, esclarece César Perri, gerente de serviços da CPFL.



O presidente da concessionária de energia elétrica diz ainda que a ampliação da infraestrutura na região visa garantir condições para a expansão do parque industrial, residencial e comercial do município, em vista do crescimento acelerado atual. “Além de maior disponibilidade para atender novas cargas e mais flexibilidade no atendimento, a nova subestação irá agilizar o restabelecimento em faltas de energia decorrentes de problemas na rede de distribuição e melhoria na qualidade dos serviços fornecidos com a modernização do sistema de distribuição”. Ele acrescenta ainda que os fios soltos pela cidade são, na verdade, de telefone. “A população reclama, com razão, das deficiências na manutenção; mas, este é um problema que deve ser resolvido junto às companhias de telefonia”, diz.



Linha de transmissão



A CPFL reconstruiu, em Indaiatuba, 2,2 quilômetros da linha de transmissão 138 KV Salto (CTEEP).

Segundo o gerente César Perri, “isso torna o abastecimento de energia elétrica mais confiável e o restabelecimento, em caso de queda, mais rápido, evitando desligamentos por descargas atmosféricas e furtos de cabos”.

Compartilhe:
Tamanho do texto: AAAAAA




Comentários (0)

- Advertisement -spot_img

Mais artigos

- Advertisement -spot_img

Último artigo