13.1 C
Munique

81 Conta De Agua Vai Ser Entregue No Ato Da Leitura

Leitura obrigatória

Home Notícias Cidade Conta de água vai ser entregue no ato da leitura

Primeiro Caderno

  • Charge
  • Cidade
  • Dropes
  • “Ekos” do Santuário
  • Em pauta
  • Espaço do leitor
  • Esportes
  • Filatelia
  • Imagem da Cidade
  • Manchetes
  • Pinceladas
  • Polícia
  • Serviços
  • Súmula
  • Você Sabia

Caderno B

  • Agenda
  • Almanaque
  • Cinema
  • Horóscopo
  • Lazer e Cultura
  • Livros
  • No Divã
  • Resumo de Novelas
  • Sílvia em Revista
  • Social

Classificados

  • Páginas Online
  • Anuncie
  • Caderno Imobiliário

Conta de água vai ser entregue no ato da leitura
Saae contrata empresa e moderniza sistema com equipamento que coleta dados e imprime conta
Tamanho do texto: AAAAAA
Publicado em 22/04/2010 às 14h27Tatiane Quadra – [email protected] 
Equipamento já imprimirá conta de água e esgoto no momento da leitura

As contas do consumo de água e afastamento de esgoto serão entregues aos consumidores no ato da leitura do hidrômetro a partir de maio. O Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) contratou uma nova empresa para realizar o serviço, que antes ocorria em duas etapas, em uma única visita. Agora, os agentes de consumo utilizarão um equipamento para a coleta dos dados e imprimirão a cobrança na sequência, já deixando a conta na propriedade.



A empresa São Paulo Serviços Ltda., que está montando escritório na Rua 11 de Junho, 1.348, foi contratada no dia 1º de abril pelo Saae, através de pregão presencial, por um ano, renovável por outros quatro. Ela receberá o valor de R$ 1,63 por conta emitida, sendo que a média mensal é de 60 mil documentos, podendo aumentar. Desta forma, a contratada deve receber cerca de R$ 97.800 por mês.

Serão disponibilizados 27 funcionários, sendo um supervisor, dois coordenadores, quatro agentes de consumo (leituristas) que farão os roteiros de moto e 20 que irão a pé. Além das quatro motos, serão utilizadas duas peruas e um carro, todos zero quilômetro. O material é composto de 25 coletores e 25 impressoras, que serão levados pelos agentes em uma bolsa. O equipamento, além de imprimir a conta, fornece segunda via e informações sobre débito. Já o software utilizado no coletor foi desenvolvido pelo próprio Departamento de Informática do Saae, com um menu que contém diversas informações sobre o usuário, histórico anterior de consumo, notificações e ocorrências.



Para o superintendente do Saae, Alexandre Carlos Peres, o novo sistema dará “mais transparência” ao atendimento. “É o que há de mais moderno para esse tipo de serviço”, diz. “Se o consumo mensal estiver acima da média e apontar uma diferença significativa em relação ao mês anterior, o agente de consumo não emitirá a conta e o Saae fará uma apuração dos dados, pois pode ser indício de vazamento no imóvel.”


Vantagens

De acordo com a Assessoria de Comunicação Social do Saae, além da vantagem do hidrômetro ser medido e a conta ser entregue em apenas uma visita, o Saae terá outras economias. O motivo é que a autarquia contava com uma pequena gráfica para a impressão das cobranças e agora poupará os funcionários, a energia e o papel. “Antes aconteciam horas extras de madrugada e feriados para imprimir as contas. Agora esses funcionários serão liberados para outras funções”, argumenta o órgão. “Ainda não sabemos dimensionar a economia em valores, mas também temos a vantagem da diminuição no erro de leituras.”



Caso o proprietário esteja no local, ele poderá receber a conta em mãos, requisitando uma segunda via no mesmo momento, além de poder esclarecer dúvidas. Os dados são transmitidos de forma on-line e o Saae garante que o valor por conta não será repassado aos contribuintes. Para a autarquia, outras vantagens da terceirização do serviço é a substituição de funcionários doentes ou que não se adequaram ao trabalho, e a melhoria do atendimento pela maior exigência de escolaridade dos servidores da empresa.

A assessoria esclarece ainda que os consumidores que recebem a conta em outro endereço, que não o da leitura, não precisam se preocupar, já que o software indica onde o documento deve ser entregue. Porém, os contribuintes devem ficar atentos em relação à costumeira data de leitura, já que, em razão do novo sistema, ela poderá sofrer alguma alteração.



Para evitar o extravio, o Saae sugere que o proprietário providencie um lugar seguro para o depósito do documento, do tipo “caixa de correspondência”, já que a conta será impressa em papel mais fino e de menor tamanho. O órgão também enfatiza que o morador deve facilitar leitura, posicionando o hidrômetro de forma que o relógio seja visível da calçada, para que o agente de leitura não precise entrar no imóvel. Se ele optar pela caixa padrão (no muro) ou de caixa passeio (na alçada), deverá se dirigir ao escritório central, que fica na Rua Bernardino de Campos, 799, Centro, para requisitar a instalação. Mais informações pelo telefone 0800-77-22-195.

Tamanho do texto: AAAAAA

Comentários (0)

Mais comentáriosNenhum Comentário
Deixe seu comentário




 
- Advertisement -spot_img

Mais artigos

- Advertisement -spot_img

Último artigo