3.1 C
Munique

9596 Lojas De Som Nao Temem Mudancas Propostas Em Projeto

Leitura obrigatória



Home › Notícias › Política › Lojas de som não temem mudanças propostas em projeto  
Lojas de som não temem mudanças propostas em projeto



Compartilhe:
Tamanho do texto: AAAAAA
Publicado em 11/04/2014 às 20h50Mariana Corrér – [email protected]
Eduardo TuratiSe o projeto de lei for aprovado em definitivo, equipamentos de som poderão ser retirados dos veículos em caso de abusos do volume

Foi aprovado em primeira votação, na sessão ordinária de segunda-feira, dia 7, o projeto que reformula a Lei do Silêncio. A propositura, de autoria do presidente da Casa, Luiz Alberto Pereira, o Cebolinha (PMDB), visa a autuação de carros com som alto, de modo a evitar a perturbação do sossego público, com multa que passa dos R$ 1.500.



O proprietário da Machines Som Automotivo, Cleber Bonani, acredita que a lei não fará diferença para ele. “O perfil dos nossos clientes não é de fazer barulho, mas sim de escutar a música. Existe diferença nisso”, diz. “O problema maior que a lei quer combater é o barulho, que tem qualidade zero do som”, completa.



Diante disso, Bonani acha que, inclusive, o movimento pode melhorar na loja, uma vez que em vez do “barulho”, o som será mais valorizado. “Acredito que a música é para quem está dentro do carro ouvir e não quem está fora”, comenta.



O projeto ainda tem de passar pela segunda votação e ser sancionado pelo Executivo para vigorar.



Confira a matéria completa na versão impressa da Tribuna, neste sábado.

Compartilhe:
Tamanho do texto: AAAAAA




Comentários (0)

- Advertisement -spot_img

Mais artigos

- Advertisement -spot_img

Último artigo