12.7 C
Munique

9789 Apos Denuncias Guardas Seguem Pistas De Estuprador

Leitura obrigatória



Home › Notícias › Polícia › Após denúncias, guardas seguem pistas de estuprador  
Após denúncias, guardas seguem pistas de estuprador



Compartilhe:
Tamanho do texto: AAAAAA
Publicado em 06/06/2014 às 21h15Leandro Povinelli – [email protected]
Renan AntoniettoGuardas fizeram cerco em zona rural de Elias Fausto, mas não tiveram êxito na localização de estuprador

Após denúncias chegarem até a Guarda Civil Municipal de Elias Fausto informando sobre a possível presença do estuprador em um condomínio localizado na zona rural do município, os patrulheiros da GCM, apoiados pelo Canil da Guarda Municipal de Salto, montaram um cerco e averiguaram uma vasta área de brejos e matagais durante toda a manhã e a tarde de quinta-feira, dia 5.



Testemunhas afirmaram ter visualizado o suspeito se escondendo em meio às árvores durante a noite, além de relatarem à reportagem da Tribuna que foram ameaçadas de morte pelo rapaz caso contassem à polícia que ele estava nos arredores. No entanto, apesar dos esforços, ele não foi localizado.



“O tio dele tem uma chácara aqui nesse condomínio. Nós o conhecemos desde pequeno, ele praticamente cresceu aqui e conhece toda essa região, assim fica fácil se esconder e até mesmo receber a ajuda das pessoas que não sabem o que ele fez”, explicou uma testemunha que não quis se identificar.



Segundo os moradores do local, o estuprador está mais magro, com a cabeça raspada e mancando de uma das pernas por estar com o pé machucado.


Roupas encontradas

Na manhã de terça-feira, dia 3, duas peças de roupas confirmadas pela GCM de Elias Fausto como sendo as utilizadas pelo estuprador que vem aterrorizando a região nas últimas semanas foram encontradas em uma casa abandonada, logo após uma mulher que trabalha em uma granja da área rural do município ser atacada por um indivíduo, que fugiu no momento em que a vítima gritou por socorro. De acordo com a corporação de Elias Fausto, a mulher foi abordada por um homem vestido com uma calça jeans suja e uma camisa da cor azul marinho, que tentou agarrá-la a força. Assustada, a vítima gritou por socorro, momento em que outros trabalhadores apareceram e começaram a perseguir o suspeito, que conseguiu fugir.



“Nós realizamos uma busca e encontramos apenas a calça jeans rasgada e a camisa. No primeiro momento não tínhamos como confirmar se era, de fato, do estuprador, mas depois a vítima fez um reconhecimento fotográfico e nos confirmou que se tratava da mesma pessoa”, informou a Guarda Civil.



Confira a matéria completa na versão impressa da Tribuna, neste sábado.

Compartilhe:
Tamanho do texto: AAAAAA




Comentários (0)

- Advertisement -spot_img

Mais artigos

- Advertisement -spot_img

Último artigo