12.7 C
Munique

9827 Coluna Pinceladas 21 De Junho De 2014

Leitura obrigatória



Home › Notícias › Pinceladas › Coluna Pinceladas – 21 de junho de 2014  
Coluna Pinceladas – 21 de junho de 2014
Por Jota Miranda



Compartilhe:
Tamanho do texto: AAAAAA
Publicado em 20/06/2014 às 21h28Jota Miranda – [email protected]
Último fundador

O esporte indaiatubano está de luto. Faleceu dia 16, segunda-feira, o sr. João Lopes de Almeida, aos 83 anos de idade. Seo João prá quem não sabe, era o único fundador do E.C. XV de Novembro em vida. Desde 1949, seo João, além de fundador, era zelador, administrador e proprietário do bar do estádio quinzista. Ele teve um infarto no dia 7 de junho e ficou internado por uma semana em um dos hospitais da cidade. Uma pneumonia tirou a vida de seo João.



Mais uma vai embora

Uma das mais antigas indústrias de Indaiatuba está indo embora da cidade e se estabelecendo em Elias Fausto. Me refiro à Industria Metalúrgica Puriar, da família Candello. A Puriar, uma indústria familiar, existe há mais de 50 anos e está de mudança para Elias Fausto.

No prédio da Cidade Nova dará lugar a um conjunto de edifícios!



50 anos
Álbum de Família

Neste domingo, dia 22 de junho, o nosso leitor José Egidio Amstalden tem dupla comemoração. Além de seu aniversário natalício, Egidio também comemora suas Bodas de Ouro (50 anos de casamento), com sua amada, dona Odélia Vaciloto Amstalden. Da união vieram os filhos Giane, Vagner e Ronaldo e seus três netos: João Gabriel, Maria Andréia e Mariana.


Piada

Uma noite, depois de quase trinta anos de casados, o casal está na cama quando a mulher sente que o marido começa a acariciá-la como não fazia há muito tempo.

Ele começa pelo pescoço, desce pelo dorso até as nádegas; volta ao pescoço, ombros, seios e para a barriga.



Coloca a mão na parte interna da coxa e para… Depois de um tempinho, ele recomeça a apalpar a perna direita e, de repente, se vira de costas e não fala uma só palavra.



A esposa, já “acesa”, diz carinhosamente:



– Querido, estava maravilhoso, por que parou?



E ele, resmungando:



– Já encontrei o controle remoto.



Confira a íntegra da Coluna Pinceladas, na versão impressa da Tribuna, neste sábado.

Compartilhe:
Tamanho do texto: AAAAAA




Comentários (0)

- Advertisement -spot_img

Mais artigos

- Advertisement -spot_img

Último artigo